Saiba de nossas notícias em primeira mão.

Veículos Ford poderão sofrer desvalorização após encerramento da produção no país

Encerramento da fabricação de automóveis da Ford no Brasil também deve resultar na demissão de até cinco mil pessoas

12/01/2021  às  13:08:22
Veículos Ford poderão sofrer desvalorização após encerramento da produção no país

O encerramento da fabricação de automóveis da Ford no Brasil, deverá resultar na demissão de até cinco mil pessoas no país. Na Argentina e no Uruguai, no entanto, a fabricação continuará normalmente. Segundo a Ford, o ambiente econômico desfavorável” no Brasil, agravado pela pandemia, tornou inviável a permanência da empresa no país.

Mesmo com o fim da produção de novos veículos no Brasil, a Ford se comprometeu a continuar com o abastecimento de peças no mercado de reposição, uma vez que há uma frota de carros da marca nas ruas. Apesar disso, é provável que muitos proprietários não queiram manter seus veículos após o comunicado, e o excesso de oferta causa, inevitavelmente, um desvalorização fora da curva dos preços de revenda.

A produção será interrompida imediatamente em Camaçari, na Bahia e em Taubaté, em São Paulo. A fabricação de algumas peças continuará por alguns meses para sustentar os estoques para reposição. Já a fábrica da Troller em Horizonte, no Ceará, vai operar até o quarto trimestre deste ano. As vendas dos modelos EcoSport, Ka e T4 continuarão só até o fim dos estoques.

No país desde 1919, a Ford já obteve R$ 20 bilhões em incentivos fiscais, e o O feito pela Ford surpreendeu todo o setor produtivo. O fechamento das fábricas será um duro golpe para a industria brasileira.

A Ford informou que vai manter a assistência total ao consumidor com operações de vendas, serviços, peças de reposição e garantia para seus clientes no Brasil.

Poste em sua rede social